30.11.09

Vitor Peixoto questiona e bem.


No seu post, "que consequências?",Vítor Peixoto questiona e bem, o que é que nos reservará próximo Orçamento do Estado?

… e o Novembro está a acabar.


A nível nacional este mês ficou marcado por mais um caso judicial, desta vez o “Face Oculta”, provavelmente mais um a encher milhares de dossiers, a ocupar dezenas de metros prateleiras, a ocupar juízes, advogados, procuradores, investigadores, etc., etc., para depois ficar em “nada”.
Uma coisa já provocou, mais uns pontinhos para desgastar a justiça portuguesa, a credibilidade da classe política e da própria democracia. Com este caso, a tão falada independência dos órgãos de soberania, poder político/poder judicial também não deixa de levar mais um abalito.

Registe-se também a forma como o Governador do Banco de Portugal (Victor Constâncio) foi mais uma vez surpreendido, desta feita com os valores do deficit. Não satisfeito com isso, ainda aconselhou a subida de impostos.

Já a fechar o mês ficou claro que Sócrates e o seu governo não farão nesta legislatura aquilo que muito bem entenderem. A proposta apresentada pelo C.D.S.-P.P. na semana passada, no sentido de adiar por um ano a entrada em vigor do Novo Código Contributivo, a qual foi aprovada pela maioria dos deputados, foi a prova de que para Sócrates e para os portugueses os tempos são outros.

A nível local (Odivelas), para além das grandes comemorações do 11º aniversário da elevação de Odivelas a concelho, há a destacar:

1 - As tomadas de posse dos novos órgãos autárquicos;

2 – O acordo P.S./P.S.D. para a formação do executivo municipal, a forma notável como o mesmo foi feito e como muitos dos actuais dirigentes do P.S.D. de Odivelas defendem os interesses de quem os elegeu;

3 – Uma semana sem água em Famões;

4– A taxação máxima a nível de Derrama, de I.M.I. e de I.R.S., a qual foi proposta pelo executivo P.S./P.S.D. e aprovada pelos mesmo na Assembleia Municipal;

5 – O aumento inacreditável e incompreensível de algumas taxas municipais, chegando em alguns casos a atingir percentagens obscenas, entre 10 e 300 (trezentos) por cento. As que estão relacionadas com os mercados, cemitérios, feiras e equipamentos desportivo são as que mais sofreram.

6 – A Taxa dos Direitos de Passagem que está relacionada com os cabos da Internet, as quais deveriam ser pagas pelas operadoras, serão pagas por todos, P.S. e P.S.D. assim o entenderam.

Para terminar, aqui no Blogue, depois do mês louco de Outubro, o qual por causa das eleições autárquicas bateu todos os record’s de visitas e de posts visualizados, este foi o segundo melhor mês de sempre, cerca de 2.000 visitas e de 3.500 posts visualizados.

Agora mesmo, visita n.º:

e

1.000 Post's.

Telefonema de última hora.


Recebi há pouco um telefonema da Tia Goretti a dizer que estava com o Ti Zé e com neto em Famões à procura do novo parque infantil da Quinta das Dálias, disse-lhe que não sabia de nada, mas que talvez fosse numa obra que vi em Outubro e que publiquei aqui, será?

Por curiosidade fui ver como está a Serra Nevada.

Ora veja:

Serra da Estrela.


Em Julho estava assim, dei aqui, a cerca de 1.800 mt. de altitude umas belas mergulhaças, hoje cheira-me que não dá para isso.

Alías, como nada mudou, nem de carro dá para lá chegar, as estradas estão fechadas, como em Portugal é habito neste dias.

"Bater no Fundo"

Intressante post este colocado por Rui Crull Tabosa no 31 da Armada.

Será que algum passou o vermelho?


Será que algum dos veículos passou o vermelho, espero que não tenha sido o do Secretário de Estado, era uma vergonha, mas gostava de saber.

Não é por nada, mas parece-me que o bom exemplo nestes casos deverá vir precisamente deste Ministério ou não será assim?



29.11.09

e porque hoje começa o Advento ...

Baú da Música.

ODIVELAS - QUE É FEITO DO ACORDO?


Já lá vai quase um mês desde que o tornaram oficial e o P.S. e P.S.D. continuam sem mostrar o acordo que fizeram e assinaram para formar o executivo municipal. Os odivelenses continuam sem saber porque razão o P.S.D. que na campanha eleitoral tanto criticou o P.S. e a Dr.ª Susana Amador acedeu agora a integrar este executivo.


28.11.09

"A Mentira de Saramago"



Sinópse.
Encaradas pela generalidade das pessoas como pura
manobra de marketing livreiro, as graves afirmações produzidas por José Saramago sobre a Bíblia aquando do lançamento do seu novo romance tiveram o condão de escandalizar e ofender a generalidade dos crentes católicos, afinal a grande maioria da população portuguesa. Impunha-se, por isso, uma resposta à altura. Preparado por Paulo Aido - autor dos sucessos "A Mensagem da Irmã Lúcia" e "O Peregrino de Fátima" -, este livro apresenta 50 histórias retiradas da Bíblia que refutam por completo as teorias do Nobel.

Fonte: Wook.


Niguém pára o Paulo.


Depois de na passada segunda-feira ter lançado "As Mais Belas Orações", hoje o meu amigo Paulo Aido surpreendendo tudo e todos, lança:


Recado ao Autor:
Ò Paulo, ainda não tinha tido tempo para começar a ler "As Mais Belas Orações" e ....
Um grande abraço e muitos PARABÉNS.

27.11.09

Odivelas - O que eu gostava de ter visto na imprensa.


Gostava de ter visto os jornais de Odivelas esta semana informarem que a Derrama, o I.R.S. e o I.M.I. foram aprovados pela fasquia máxima, tendo o actual executivo (P.S./P.S.D.) contado para isso com os votos favoráveis do P.S., P.S.D., P.P.M. e M.P.T..

Gostava de ter visto noticiarem que este executivo trata da mesma maneira, as empresas que cuidam do ambiente, as que têm uma comprovada responsabilidade social e as que promovem a criação de novos postos de trabalho, como trata aquelas empresas que não têm qualquer preocupação nesse sentido.

Gostava de ter visto noticiarem que este executivo, a não ser na penalização, trata fiscalmente da mesma forma os proprietário que cuidam dos seus edifícios, como daqueles que não o cuidam; que trata da mesma forma aqueles que neste momento estão relativamente bem financeiramente, como aquele que estão a atravessar dificuldades inesperadas.

Gostava de ter visto noticiarem também que muitas das Taxas Municipais, sobretudo as relacionadas com Cemitérios, Mercados, Feiras e Desporto subiram uma anormalidade, algumas chegaram mesmo a subir 300%, com a aceitação sem qualquer reparo das bancadas do P.S. e do P.S.D.

Gostava de ter visto noticiarem as propostas sensatas que o C.D.S.-P.P. apresentou para a Derrama e para o I.M.I.

Proposta do CDS-PP aprovada hoje na A.R.

A Tia Goretti foi ao Mundo das Galochas.

Lá está a tia Goretti, aposto que desta vez já não comprou o tradicional par de galochas pretas, desta vez deve ter comprado umas mais fashion, amarelas, vermelhas ou com desenhos.

Ou será que comprou umas vermelhas para si e outras verdes para Ti Zé com o intuito de as levar à bola já este sábado.

Veja aqui o último artigo da Tia Goretti.




Voto de Comemoração do 25 de Novembro chumbado na A.R..


Foi proposta na Assembleia da República um vote de comemoração do 25 de Novembro, foi chumbado por toda a esquerda, P.C.P., P.E.V., B.E. e P.S..

Também aqui o P.S. se cola à extrema-esquerda, tentando contribuir assim para omitir a importância que este dia teve no Portugal pós 25 de Abril.

Espanha "Novo Irmão Pobre da Europa"


Quando o P.P. de Aznar governava, Espanha teve um crescimento económico notável, era dos países que mais crescia, agora com Zapatero e as suas ideias socialistas é o que se vê.
Veja aqui o artigo publicado no "The Economist".

Código Contribuitivo Adiado.

26.11.09

"Um conto de Natal"


Bonita reflexão esta que o meu amigo Carlos nos convida a fazer, a qual ganha mais força e simbolismo por estarmos a entrar na época do Advento.
"
Um conto de Natal

Observando de fora, vemos com nitidez que o mundo católico, por muitas razões, anda baralhado e pouco seguro. Dos seus valores, das suas orientações e dos seus símbolos. Enquanto que, por outras partes do mundo, os crentes de outras fés cerram fileiras e centram as suas prioridades no que verdadeiramente interessa, vemos os cristãos, pelo menos os do ocidente, a resvalarem com toda a tranquilidade e com total consciência para caminhos e preocupações totalmente periféricas e até estranhas aos seus valores.

O exemplo mais gritante, e até perturbador, deste afastamento do essencial, é a festa natalícia. O nascimento de Cristo, o filho de Deus. Nesta época, em que se comemora em todo a cristandade a chegada do Messias à terra, o que fazem os católicos, ou pelo menos grande parte deles? Colocam o Pai Natal no centro da festa. Deve ser, no mínimo, desconcertante, para os crentes de outras paragens que vivem e viajam pelo ocidente, a observação deste acontecimento. "Então, é a festa do nascimento do seu Messias e eles "adoram" uma outra qualquer personagem vinda não se sabe muito bem de onde?". É impensável este fenómeno florescer no seio de qualquer outra comunidade religiosa. E são comportamentos como este e outros semelhantes que, aos olhos dos outros, o ocidente se revela mais fraco, baralhado e assim, naturalmente, mais vulnerável. É no mínimo bizarro que seja a própria família a confundir o aniversariante. Era o mesmo que, na família Figueira, no aniversário da avó, os parabéns e todas as atenções serem canalizadas para o estafeta que trouxe as pizzas.

Que o mundo ocidental, na sua histérica e desenfreada corrida ao consumo, gere cidadãos também eles histéricos e desenfreadamente consumistas, principalmente nesta época, não nos admira e até compreendemos, mas que os católicos participem neste filme, em que o guião é seu, como actores principais, é que é absolutamente surpreendente. Como seria bom, como contra ponto, que houvesse uma comunidade cristã, forte e consciente, a fazer força e peso para o lado contrário, o lado mais espiritual e mais contido da balança. Até por isso, era urgente que os cristãos recentrassem o Natal...em Cristo.

Num ocidente, em que os estados – e o nosso é um exemplo cristalino - estão numa sofreguidão sem paralelo para tornar as sociedades laicas, em que tudo tem de ser clinicamente limpo de religiosidade, é de uma irresponsabilidade civilizacional enorme, ser a própria comunidade cristã a colaborar e a participar nessa "cruzada". A substituição, consciente e voluntária, da figura nuclear do Natal, Jesus Cristo, por esta espécie de carteiro de presentes, de origem lendária e incerta, causa perplexidade. Já só falta ver o Pai Natal…nas palhinhas deitado.

Podemos sempre dizer que "…é muito difícil contrariar a tendência, lutar sozinho, comercialmente não é viável, blá, blá, blá”. Mas, desculpem-me os católicos, não penso assim. Se cada cristão, no exercício da sua actividade profissional ou na sua vida particular quiser, de facto, recolocar a quadra natalícia no seu devido lugar, pode fazê-lo com naturalidade, através das suas mais variadas decisões diárias, seja ele publicitário, jornalista, chefe de redacção, director de marketing, director geral, gestor, lojista, feirante, escritor, médico, professor, músico, cineasta, actor, director escolar, editor, ministro, empresário, pasteleiro, etc., etc. etc. Todos estes agentes, têm de alguma forma responsabilidades comunicacionais, obviamente, com maior ou menor impacto na sociedade civil. E é nessa interacção que a comunicação com os outros, individual ou colectivamente, pode fazer a diferença, contendo referências, valores e símbolos, ou não. Desde a simples decoração de uma montra, passando pela aprovação de uma campanha publicitária ou pela execução do menu do dia. É simples, muito simples.
São os cristãos, cada um individualmente, que podem fugir à pressão do mundo e marcar eles próprios, na sua agenda, as prioridades.

Do meu ponto de vista, e como não crente, acho que a comunidade cristã tem um papel importantíssimo, hoje mais do que nunca, nas sociedades modernas. Faz-me confusão que se deite fora, deliberadamente, um património cultural e de valores desta dimensão.
O Natal pode ser só um conto. Mas também pode ser uma grande festa, muito real, numa grande parte do mundo, recentrada na figura mais marcante de todo o ocidente.
Os católicos é que sabem, se querem enfiar o “barrete”, neste caso vermelho, ou não.
"
Carlos Jarnac

"Face Oculta do Regime"


"Face Oculta poderá ser das últimas gotas a fazer transbordar o copo de um regime esvaziado de credibilidade a necessitar de ressurgir e porventura de ser valentemente sacudido."

4º Aniversário deste Blogue.



Faz hoje 4 anos que arranquei com este blogue, sei que houve períodos que esteve inactivo e mesmos durante alguns meses esteve inacessível.

Tem dado algum trabalho, faz-me perder algum tempo (muito), mas penso que tem valido.

Obrigado a todos os que têm tido a paciência de vir aqui espreitar e também a todos aquele que têm dado algum apoio/contributo.

Fica aqui o link para o primeiro post, texto esse cujo o conteúdo cada vez faz mais sentido.

23.11.09

Olha quem fala.

Fonte: Publico on-line.

As Mais Belas Orações - Paulo Aido.


É hoje.

Apareçam!


Além da presença do Professor Marcelo Rebelo de Sousa (e do próprio autor), em representação do cristianismo, chamamos também a atenção para a participação activa de quatro representantes das restantes quatro religiões presentes no livro. A saber:


Esther Mucznik (da Comunidade Judaica)
Narana Coissoró (da Comunidade Hindu)
Paulo Borges (presidente da União Budista Portuguesa)
Sheikh Munir (líder da Comunidade Islâmica de Lisboa)


Odivelas - Hoje na Imprensa Local:


Hoje as propostas apresentadas pelo C.D.S.-P.P. na passada Sexta-Feira, na Assembleia Municipal são noticia em toda a imprensa local, ora veja:

- Diário de Odivelas;

- Nova Odivelas.

e ainda aguardo a publicação na Odivelas.Tv , não só do resumo da Assembleia Municipal, como também a publicação do último Informalidades onde abordei também com algum detalhe as propostas apresentadas.


Odivelas - A Proposta do C.D.S.-P.P. para a Derrama.

Considerando que o lançamento da derrama se afigura indispensável ao financiamento dos investimentos municiais e sem que esta medida coloque em risco a situação económica do concelho, até porque a proposta que agora apresentamos trás para o concelho contrapartidas a outros níveis entendemos que no mínimo deverão ficar isentas de derrama as seguintes empresas:

1 - Empresas detentoras de certificação de responsabilidade social. Esta certificação dá-nos a garantia que são empresas que têm preocupações sociais não só com os seus funcionários, como com a sociedade em geral. Para comprovar esta certificação as empresas terão que entregar anualmente o respectivo comprovativo. Exige-se também um comprovativo de como a empresa em questão tem as contas regularizadas com a Segurança Social.

2 - Empresas detentoras de certificação ambiental. Esta certificação dá-nos garantias que estamos a apoiar empresa que preservam e cuidam do ambiente. Para comprovar esta certificação as empresas terão que entregar anualmente o respectivo comprovativo. Exige-se também um comprovativo de como a empresa em questão tem as contas regularizadas com a Segurança Social.

3 – Empresas que integrem nos seus quadros 10% de trabalhadores deficientes. A comprovar com os respectivos atestados e coma garantia que têm as contas com a Segurança Social em dia.

4 – Durante os primeiros três anos, empresas criadas no concelho de Odivelas ou que transfiram as suas sedes sociais para o concelho de Odivelas.

5 – Empresas que criem num ano 10% de novos postos de trabalho. A comprovar com cópia dos contratos de trabalho e com o comprovativo do pagamento à segurança social.

Deverão também ser premiadas e acarinhadas por esta autarquia as empresas que através de um enorme esforço conseguirem manter no próximo ano, o qual se avizinha de extrema dificuldade, os postos de trabalho dos seus funcionários, com os ordenados e subsídios em dia, e que comprovadamente tenham liquidado as suas responsabilidades com a Segurança Social. Assim propomos, que para empresas nestas situações, mesmo que não preencha nenhum dos requisitos acima mencionados, deverá haver uma redução neste imposto e em vez de 1,5% deverão pagar apenas 1%.

22.11.09

Odivelas - A Proposta do C.D.S.-P.P. para o I.M.I. 2010.

Considerando que o I.M.I. se afigura indispensável ao financiamento dos investimentos municipais e sem que esta medida coloque em risco a situação económica do concelho, deverão ser salvaguardadas algumas situações. Entendemos que a isenção do I.M.I. em algumas poderá contribuir, para aliviar a situação difícil porque algumas famílias estão a atravessar, como para contribuir para a requalificação urbanística e energética que o concelho necessita.

Assim o CDS-PP propõe isenção de I.M.I. para as seguintes situações:

1 – Famílias, cujo rendimento médio por elemento seja inferior ao salário mínimo.

2 - Famílias em que um ou mais elementos activos tenha perdido por razão da actual conjuntura o seu posto de trabalho e cujo rendimento do agregado familiar seja inferior a 1.500,00 mês ou 21.000,00 euros/ano.

3 – Famílias que tenham um novo filho.

4 – Proprietários de edifícios que façam obras de manutenção. Este isenção nunca poderá ser superior ao custo da obra a qual deverá ser comprovado com a apresentação de cópia autenticada da factura e terá que obedecer a uma vistoria por parte da Câmara antes e depois da obra.

5 – Proprietários de edifícios devolutos ou elevado estado de degradação que façam obras de requalificação. Esta isenção, dado o montante dos investimento e o elevado interesse na requalificação urbanística do concelho deverá ser por um período de 5 anos.

6 – Proprietários de edifícios que requalifiquem os seus imóveis em termos energéticos e apresentem o respectivo certificado. Esta isenção deverá ser por um período de 2 anos.

Declaração de Voto - Taxa Direito de Passagem.

DECLARAÇÃO DE VOTO

A Câmara Municipal de Odivelas justifica a sua proposta com o facto de a ANMP há anos reivindicar para os municípios uma taxa municipal sobre o direito de passagem, a ser paga pelos operadores fornecedores de serviços através da rede instalada.

A incapacidade política para impor a referida taxa aos operadores levou os partidos com maior representação no poder local, o PS e o PSD, a transferir o encargo em causa para os consumidores, o que em Odivelas se concretizou pela aprovação pelos mesmos partidos da fixação da taxa em 0,25% sobre o valor da factura de cada cliente residente.

O CDS-PP entende que a taxa em análise não deve ser aplicada, particularmente num momento que é crítico para a economia de muitas famílias do Concelho e também porque a CMO não beneficia de forma expressiva com esta taxa.

Por estas razões e porque o acesso à Internet é factor fundamental de conhecimento e de desenvolvimento, o CDS-PP expressa o seu desacordo.

21.11.09

Pensamento do Dia.


Se uma pessoa ou uma família não pode gastar continuadamente mais do que tem, se uma empresa também não o pode fazer, será que uma Câmara ou um País o poderá fazer?

É que o resultado, caso não se consiga inverter esta tendência, é igual para todos – FALÊNCIA.

Odivelas - A.M. Odivelas (sexta,20-11-09).


Já muitas pessoas me telefonaram e até já me enviaram emails a perguntar como é que tinha decorrido e o que é ficou aprovado na A. Municipal de ontem..

Por um problema com o computador onde tenho toda a informação (Textos, Propostas e Declarações de Voto) ainda não coloquei aqui qualquer informação.

Posso contudo informar que todos os pontos foram aprovados, também não seria de esperar outra coisa, P.S. e P.S.D. têm maioria na Assembleia Municipal e ambos formam o executivo.

A única proposta que o C.D.S.-P.P. votou favoravelmente foi a do I.R.S. (foi aprovada por unanimidade), nas restantes votou contra.

Taxas Municipais - Apesar de várias tentativas de explicação por parte do executivo, nenhuma foi suficientemente clara de forma a justificar aumentos tão significativos como aqueles que foram fixados (20, 30, 40, 50, 100, 200 e até 300%). Os sectores mais afectados são - Mercados, Equipamento Desportivo e Cemitérios.
Entendeu o C.D.S.-P.P. que estes aumentos, para além de serem absurdos, estão a ser feitos de acordo com calendários eleitorais. Este ano houve eleições não se aumentou, nos próximos anos não há eleições e por isso agora aproveita-se para fazer estes excessos.

Taxa de Direitos de Passagem - Esta taxa está realcionada com os cabos da internet, contudo o C.D.S.-P.P. entende que estas taxas deverão ser cobradas às operadoras e não aos cidadão, poressa razão votámos contra.

I.M.I. e Derrama - O C.D.S. entendeu por bem que embora nesta altura não se podessem baixar generalizadamente estes impostos deveriam ser criadas algumas excepções com vista a proteger as familais mais desfavorecidas, os deficientes, a incentivar a economia, a apoiar as empresa que criam postos de trabalho, a proteger o ambiente e o patrimonio urbanistico/histórico.
A proposta ou contra-proposta (como se quiser chamar) apresentada pelo C.D.S.-P.P. sobre a Derrama foi do agrado de muitos deputados e inclusivamente da Sr.ª Presidente da Camara pelo que será remetida para a Comissão de Especialidade.



Nota 1 = Agradeço à Sr.ª Dr.ª Susana Amador o facto de me ter feito chegar as taxas municipais que estam em vigor, assim foi mais fácil fazer comparação com as taxas que agora foram propostas e aprovadas.

Nota 2 = Segunda-feira colocarei aqui no blogue ambas as propostas e todas as Declarações de Voto que o C.D.S. -P.P. apresentou nesta Assembleia Municipal.


19.11.09

No ABC do PPM.

"A Verdade a Que Temos Direito"

A Tia Goretti não para!

Uma Exposição Diferente na Net.


WC's Alternativos.

É o tema de uma exposição diferente, é num blog e o tem esta relacionado com a decoração das casa de banho e com imagens publicitáris feitas prepositadamente para este suporte.

Durante os próximos dia poderá visitá-la em With Impact.





Amanhã vou estar:


8.30H

Escritório.



14.30h.

Asembleia Municipal.


22.00h.

Baú da Música

18.11.09

Obra de Arte - Férias dos Politicos.


A crise bate forte e os políticos vêem-se forçados a poupar nas férias, trocando o hotel ou o aldeamento turístico pelo parque de campismo.

As situações multiplicam-se: enquanto Louçã e Bernardino Soares fazem um churrasco com Manuel Pinho, a ministra da saúde vacina Mário Lino, e Oliveira e Costa espreita para fora das grades da sua roulotte.



A.M. Odivelas.

Bem me pareceu que era a Goretti que lá estava.

Discursos da A. Municipal já estão disponíveis.



Veja em: Odivelas.com.




17.11.09

O Estado da Nação.


555.000 desempregados = 9,8%.



Zé Maria;


Qualquer dia faço o mesmo a ti que fiz à Tia Goretti, ponho-te a andar. Ela não me largava, mas tu nunca mais fizeste uma prosa aqui para o blogue.

O PPM tembém pensa e escreve.

Política Pura.

Pensamento do dia.

"Burro velho não aprende linguas."

A minha imagem do dia (2).


A minha imagem do dia (1).

Odivelas - Um pequeno contributo do C.D.S.-P.P.


Foi através de uma sugestão do C.D.S.-P.P. que vimos incluido nas "Comissões Especializadas Permanentes" a inclusão do tema da Segurança.

Em Odivelas o que é que temem P.S. e P.S.D.?


À minha solicitação para que tornassem público o teor do acordo para formação do executivo entre o P.S. e o P.S.D. obtive as seguintes respostas:

- do P.S.D., do meio da bancada ouvi - "era o que faltava","não querias mais nada";
- do P.S. o silencio.

O resto do discuso.


Como só tenho um minuto para discursar no P.A.O.D. não consegui ler a segunda e a terceira parte do discurso que tinha preparado. A segunda ficará para mais tarde, a terceira estava relacionada com a falta de água em Famões.

O problema do defensor da honra já é antigo.


Pois, este senhor (Depotado Municipal do P.S.D.) deve andar angustiado, eu entendo, aqui estão algumas afirmações datadas de 18 de Julho de 2006 no Diário de Odivelas.

"Desculpa o facto de te tratar por tu, que à primeira vista poderá parecer uma indelicadeza, mas isso é derivado ao facto de não saber como lidar contigo."
"Como sabes, e se não sabes devias saber, nunca desejámos em Odivelas uma aliança com o CDS/PP, logo, nunca vimos com entusiasmo a aliança de governação que foi feita com um partido da chamada "direita ".

"Se queres de facto estabelecer contacto, o telefone do PSD em Odivelas é o 219328010. Desde já te digo que estamos abertos a todas as tendências, e aceitamos inscrições, não te prometo é que estejas à vontade, dado que não falas a nossa linguagem."

"Aqui é mais complicado. Não sei se sabes mas o CDS/PP não elegeu qualquer vereador, e mesmo o membro da Assembleia Municipal que elegeram no anterior mandato, desapareceu, no entanto não desanimes, tens sempre o período reservado ao público."

Lidar comigo de facto não sabe, não tenho culpa; não desejava em Odivelas uma aliança com o C.D.S., foi obrigado a engoli-la e ainda para mais caladinho, temos pena; quanto à linguagem, realmente não é a mesma, lamento; quanto aos lugares na A.M., lá estamos.

Caso queira ver a totalidade das afirmações proferidas por este senhor clique aqui.

O "Pedido de Defesa de Honra" do P.S.D.


Coube a um deputado decano a tarefa, para além de se confundir (trocar o nome de Jorge Coelho pelo de Santos Silva), disparou algumas mentiras, tudo isto num discurso inflamado e primário o qual eu e até uma pessoa da bancada da C.D.U. considerou uma certa falta de respeito para com os valores democráticos.

Nota:Lembro que este deputado foi o mesmo que há poucos dias, no mesmo local, anunciou um acordo tripartido (P.S.-P.S.D.-C.D.U.), o qual afinal não se veio a confirmar.


Sobre este discurso houve:


Durante o discurso houve alguns deputados do P.S.D. que pediram insistentemente para que o Sr. Presidente da Assembleia Municipal me tirasse a palavra (estavam incomodados), na parte final do mesmo também se ouviu alguém dizer que era o que faltava tornar o acordo P.S./P.S.D. público (pudera!) e quando acabou, para além de um pedido de defesa da honra, viu-se o verniz estalar a alguns deputados e a um vereador. Palhaço foi o nome mais simpático que me chamaram.

A verdade custa a ouvir.

16.11.09

Odivelas - A.Municipal P.A.O.D.


Para quem não pôde ouvir, deixo aqui o meu discurso de hoje na Assembleia Municipal de Odivelas.

Por motivos de tempo, só disponha de um minuto, só fiz metade dos discurso e é essa parte que deixo aqui neste momento:

"
Minhas Senhoras e Meus Senhores;
Eis aqui o principiante!

No passado dia 11 de Outubro os Odivelenses foram chamados a escolher os seus representantes na autarquia.

Em democracia, em nossa opinião, por um voto se ganha e por um voto se perde, aí não há dúvidas, o P.S. e a Dr. Susana Amador ganharam, não por um, mas por mil e poucos votos.

Mas atenção, esta vitória não foi, nem de perto nem de longe uma maioria absoluta, a diferença para a segunda força política foi inferior a 2%, isto é, os Odivelenses disseram, isso sim, de forma clara, que não queriam dar um cheque em branco ao P.S. e à Dr.ª Susana Amador.

A partir daí seria de esperar que se iniciassem negociações com vista à formação de um executivo, negociações essas que deveriam ter como resultado final um acordo que reflectisse claramente os anseios da grande maioria da população. Não quanto à distribuição de pelouros, remunerações mordomias e afins, mas sim, que se reflectisse num bom projecto para a melhoria da qualidade de vida das populações.

Mas não foi a isto que assistimos, algumas pessoas, certamente com o receio de perderem alguns privilégios pessoais, apressaram-se e disponibilizarem-se de imediato para fazer um acordo, sem que se preocupassem minimamente com os anseios das pessoas que os elegeram.

Essas mesmas pessoas, para além de terem traído em quem nelas votou, demonstraram simultaneamente uma enorme falta de lealdade com todos os parceiros da Coligação, quer se tratassem de partidos ou de pessoas independentes, porque tudo isto foi feito de forma obscura e sem dar “cavaco” a ninguém.

Com este cenário a Dr.ª Susana Amador recebeu de mão beijada, através de um acordo na secretaria, aquilo que não conseguiu nas eleições, um enorme cheque em branco.

Dizem muitos, a Dr. Susana Amador conseguiu um acordo fácil e barato, eu diria fácil e nada incómodo. Fácil porque lhe apareceu de “mão beijada”, nada incómodo porque segundo sabemos bloqueou por completo a possibilidade ao P.S.D. de fazer oposição ao que quer que seja.

Barato? Vamos a ver, muitas vezes o barato sai caro.

Mas neste ponto, em nome da transparência e porque o eleitorado tem o direito de estar informado, solicitamos que seja tornado publico o teor do contrato firmado entre P.S. e P.S.D. para a constituição do exercício.

É vosso dever informar a população do Concelho de Odivelas do teor do acordo que foi assinado entre ambos os partidos, o qual como é óbvio regerá os destinos desta nossa Terra nos próximos 4 anos."


Porque hoje é o dia nacional do mar.

Dia Nacional do Mar.


O mar é quanto a mim a nossa maior riqueza, parece que a classe politica continua ignorar este facto, não será que poderíamos tirar mais proveito se em vez de pensarmos em T.G.V's, aeroportos e pontes, penássemos um pouco no mar.

Desporto, pesca, industria alimentar, energia, comércio internacional, turismo, piscicultura, cultivo de algas são algumas da áreas que poderiam e deveriam ser rentabilizadas.

É que a nossa zona marítima exclusiva é a quinta maior do mundo.


15.11.09

Amanhã 14,30h. Assembleia Municipal de Odivelas.


Por isso e porque só na sexta-feira é que nos foram entregues os documentos para analisar, mais de 200 pág., passei todo o fim-de-semana mergulhado em papeis e números. Números porque vão estar em cima da mesa a aprovação, entre outros assuntos, do I.M.I., da Derrama, do I.R.S. e de todas as Taxas Municipais para o ano de 2010.
Pelo que vi, pelo que li e pelo que estudei, a não ser que haja alguma surpresa na Assembleia Municipal, não me parece que venha aí nada de bom para os odivelenses.

13.11.09

Sócrates Mentiu.


"Escutas Face Oculta: Sócrates mentiu ao parlamento sobre TVI.

Segundo o SOL, as escutas do processo Face Oculta "provam que o primeiro-ministro faltou deliberadamente à verdade quando disse no parlamento que desconhecia o negócio da compra da TVI pela PT. O Sol recorda a frase de José Sócrates no parlamento: " Não sei disso, são negócios provados e o Estado não se mete neles", disse o primerio-ministro a 24 de Junho. As conversas escutadas pela PJ, entre Sócrates e Vara, em Março desde ano "já versavam sobre este tema." Nesses telefonemas, garante o SOL, "há também referências ao financiamento da campanha do PS". Ana Paula Vitorino, secretária de Estado, era "considerada - nessas conversas - um obstáculo à demissão do presidente da REFER".

..."
Fonte: Ionline

12.11.09

Mais um número redondo, uma dúzia de milhar.


Dia após dia o número de visitas a este blog tem vindo a aumentar, há minutos chegou às 12.000, um número bonito, sendo que cerca de 9.000 são desde Junho deste ano.

Odivelas à Janela.


A Tia Goretti parece que anda entusiasmadíssima com o seu novo blogue. Ainda ontem, estava eu numa reunião na Câmara quando recebi uma mensagem dela a dizer que tinha publicado mais um dos seus textos (Oh água que tanta falta fazes!).

Quem parece que não anda muito contente com esta situação é o marido, segundo ouvi dizer já se queixa, pois desde que a nossa amiga abriu a janela nunca mais comeu a horas.

11.11.09

Em Odivelas não é preciso ser bruxo!


“Consideramos que não é aceitável que um Partido imponha a outro que abdique da sua verticalidade e coerência, exigindo que altere o seu sentido de voto, viabilizando, no futuro, projectos que anteriormente mereçam a sua reprovação.

Tal como nunca aceitará subscrever qualquer documento comprometendo-se com o seu voto favorável a documentos, projectos ou opções cujos conteúdos desconhece por completo.

Mas fora exactamente estas as exigências do P.S..

Em democracia esta situação não é politicamente saudável, e é absolutamente condenável.”


Direcção Concelhia de Odivelas do P.C.P.

Fonte: Odivelas.com


Depois de ler o comunicado do P.C.P., depois de ouvir a respectiva conferência de imprensa e de ouvir a entrevista da Dr.ª Susana Amador, vi fundamentado todo o raciocínio que desde o dia das eleições tenho sobre o que seria a composição (P.S./P.S.D.) deste executivo.

Conhecendo a postura dos intervenientes, não era preciso ser bruxo.

Falta de Àgua em Famões



O comunicado da C.M.Odivelas a dado momento diz:

"...

A Câmara Municipal de Odivelas está solidária com os moradores, comerciantes e empresários da Freguesia de Famões, que vêem comprometido o abastecimento de um bem tão essencial como é a água, garantindo que tudo fará junto dos Serviços Municipalizados de Loures para que este problema seja plenamente ultrapassado no mais curto prazo possível."

Eu pergunto o que é isso de estar solidário, quem paga os cafés que não foram vendidos e os prejuizos provocados por máquinas que eventualmente tiveram que parar?

Volta a afirmar, torna-se urgente resolver esta questão do SMAS, há anos que se fala, fala, fale e niguém resolve a situação.

Hoje "Um Rumo" às 12.000 visitas.



Odivelas - O contrato.


Acabei de ouvir com a maior atenção, na Odivelas.com, a Entrevista de Susana Amador (Distribuição de Pelouros) e a conferência de imprensa do P.C.P.(O Desacordo).

Fiquei muito elucidado.

10.11.09

Vitor Peixoto sobre a posição do P.S.D./Odivelas.

No ABC do PPM

Odivelas - 1º Cartão Amarela ao Executivo:


OBRA FEITA?



Há seis dia que

Famões está sem água.



Odivelas - Mais do mesmo.



Para além de ter anunciado um executivo com o P.S.D., Susana Amador numa das suas primeiras entrevista, afirma ao Nova Odivelas (6/11/2009):

"Temos todas as condições para nestes quatro anos, com uma boa divulgação do que se faz, acrescentar mais votos e mais mandatos nos órgãos municipais."

Será que vêem aí, mais uma vez, pagas à custa do município, mais painéis publicitários, revistas municipais, etc., etc., para promover o "trabalho" do executivo?

Famões - Já lá vão 6 dias.


Sócrates em Berlim.

"O 25 de Abril abriu as portas à Queda do Muro."

He!He!He!

9.11.09

Muro de Berlim - 20 anos depois.

Odivelas - Umas perguntas a Susana Amador.


1 - Uma vez que a Sr.ª Dr.ª defende tanto a participação dos cidadão na vida politica e autárquica do concelho, porque é que agora, que teve à disposição 2 vereadores independentes, nem sequer os convocou para uma reunião antes de formar o executivo?

2 - Ainda há pouco dias vimos o Primeiro-Ministro, logo após as eleições, a receber representantes de todos os grupos parlamentares, não será que em Odivelas deveria ter havido o mesmo procedimento, no mínimo com todos os vereadores?

3 - Será que em Odivelas há vereadores de várias categorias?

Odivelas - P.C.P. fora do executivo.

No post "a mim não me enganas tu", assinado por Barão das Neves e publicado no blog Tu-Barão acabei de ver uma outra opinião uma outra opinião. Diz Barão da Neves que o P.C.P. não entrou porque o Comité Central não deu autorização. Será?

Odivelas - C.D.U. fora do executivo.


Surpresa???



Para mim nem por isso, desde o primeiro dia que digo que este acordo me parecia difícil, só fui de certo modo surpreendido porque a dado momento o P.C.P. foi dado como certo no executivo e depois acabou por não entrar.

Odivelas - "O acordo mais barato".



Depois de anunciado o acordo P.S./P.S.D. logo se apressaram os admiradores da Dr.ª Susana Amador a dizer:

"neste periodo de contenção financeira, este foi o melhor acordo, pois era mais barato."

Eu pergunto:

O mais barato ou o menos incómodo?

Odivelas - Vira o disco e toca o mesmo.


Passados que foram alguns dias das eleições, sem que para mim constituísse qualquer surpresa, foi finalmente anunciado o acordo P.S./P.S.D. para a formação do novo executivo municipal.

Informalidades

Tia Goretti por sua conta.


Durante uns tempos tiver a colaboração aqui no blogue da Tia Goretti, da Tia Anastácia e mais recentemente do Ti Zé dos Rabanetes.

Estas personagens são muito simpáticas, gosto muito delas, mas falam, falam, falam e ultimamente passavam os dias aqui no escritório.

Assim, este fim-de-semana estive a ensiná-los a fazer um blogue, o qual já está a funcionar e assim ficam autónomos e não precisam de vir aqui todos os dias.


Desejo-lhes as maiores felicidades neste projecto e desde já convido todos os que aqui costumam vir a visitá-lo em:

Famões - Já lá vão 5 dias.

7.11.09

Famões sem água há 3 dias.


"Em Famões desde dia 4 de Novembro, que os SMAS não garantem o abastecimento de Água à população da Freguesia durante o período da noite até às 10 horas da manhã do dia seguinte. Hoje 7 de Novembro a situação repetiu-se."

In: Odivelas.com

Baú da Música.

´

Mais uma do meu amigo PPM.

O ESTADO DA NAÇÃO.



Baú da Música.

No ABC do PPM.


VALE A PENA?




Informalidades de hoje/ontem.

Provavelmente a mais animada de todas as sessões, houve de tudo.

6.11.09

HOJE HÁ:

Sala cheia,

ovos sem omeletas
e um belo de um croquete.



Até q’enfim, terminou a balbúrdia das eleições. Vou dar descanso aos meus pezinhos, vou ter horas certas para comer, vou poder falar de outras coisas, mesmo muitas lá no cabeleireiro, e de ir nas excursões lá do bairro.

Agora, até às presidenciais, a menos que aconteça alguma desgraça e se zanguem as comadres e compadres.

Mas não é que acabou de forma empolgante no Polivalente. Então não é que estiveram quase tantas pessoas na tomada de posse da Freguesia de Odivelas quantas estiveram nos Paços do Concelho. Mas estiveram muitos mais anónimos. Não foi preciso encher a sala com empregados da Câmara.

E no final, foi ainda mais bonito: A Gracinha Peixoto despediu-se da presidência em grande e nem precisou botar faladura – organizou um beberete à altura da circunstância.

E alguns dos novos autarcas estavam tão efusivos, com tal moldura humana que deram alguns ponta pezitos na Lei …

E até o novo Presidente falou de uns ovos que não se fazem por falta de omeletas. Mas a malta gostou e bateu palmas. Valha-me Fernando Pessoa que a asneira já dá prémio.

No fim tivemos as palmadinhas nas costas do costume e o bónus do croquete, com gingas, favaios e moscatéis. Bebi por mim e pela D. Anastácia que não se mete nos copos não se lhe vão mudar as visões do futuro. E lá deixámos o carro e fomos para casa a pé não fosse termos de soprar para o balão.

Tia Goreti

5.11.09

Sexta (5/11) às 22h. há Informalidades.

Previsões Confirmadas.


Odivelas - Executivo P.S.-P.S.D.

No passado dia 12 de Outubro, no dia seguinte às eleições e não obstante o facto de a Dr.ª Susana Amador ter manifestado na noite das eleições a sua preferência em fazer acordo com a C.D.U., escrevi aqui (Será que a C.D.U. aceita?) no blogue que essa solução, em minha opinião, não era concretizável, de facto não foi. A única surpresa neste ponto foi terem estado tanto a “esticar a corda”.

Também, no dia 14 de Outubro escrevi um post a ventilar a hipótese de um acordo P.S.-P.S.D., o qual foi denunciado publicamente no mesmo dia, pouco tempo depois, por José Maria Pignatelli no Diário de Odivelas (Hernâni Carvalho Fora de Jogo).

Para terminar no dia 4/10 escrevi aqui que o acordo P.S.- P.S.D. estava fechado.

Odivelas - Resumo.


Esta corda já era.


Quem ficou com gatos?



Tão queridos!

O Ti Zé dos Rabanetes é que sabe.


Confirmado:

Odivelas - Afinal Em Odivelas o Acordo é PS/PSD.


Categoria » RegionalPublicado Por AT - em 2009-11-05.

Quando todos apontavam para um futuro acordo tripartido para a gestão da Câmara Municipal de Odivelas, o "Odivelas.com" tem informação que a CDU não subscreve o acordo de gestão proposto pelo PS e o futuro Executivo Camarário basear-se-à nos partidos PS e PSD.

Na reunião de Câmara de amanhã dia 6 de Novembro ficarão mais claras algumas opções do futuro executivo municipal e distribuição de pelouros.

In: odivelas.com

Será que a corda ainda vai partir?


Depois do telefonema que recebi há pouco do Ti Zé dos Rabanetes, voltei a lembrar-me da desgraçada da corda, será que ela ainda vai partir.

Odivelas: telefonema de última hora.

Chegou-me agora um telefonema urgente, era o Ti Zé dos Rabanetes, marido da Tia Goreti, muito atrapalhado.

Disse-me ele de seguida, quase sem respirar e sem que eu o conseguisse interromper:

Está lá? Está lá?

Daqui fala Zé do Rabanetes.

Sou o marido da Goreti, soube que ela andava a escrever coisa para aí, coisas de melindre, percebe???

É que disseram-me que ela tinha dito que alguém disse, na Tomada de Posse da Assembleia Municipali, que haveria uma equipa muito boa para gerir a Câmara. Era tão boa, tão boa que estavam lá quase todos, P.S., P.S.D. e o P.C.P. Grade caldeirada!

Eu que sou desconfiado e para mim quando a esmola é muita o pobre desconfia, fui ver disso, está a perceber?

Então acabei agora mesmo de descobrir que há um desses grupos que se está a preparar para amanhã não entrar no saco.

Eu bem disse à minha Goreti que há ali gente que nem sempre é de fiar, sabe Sr. Xara, é gente muito brincalhona, percebe?

Já agora, ó Sr. Xara, ando à procura da minha Goreti, nã sei onde anda, se por acaso ela for aí para lhe entregar mais um texto, diga-lhe isto e diga para ela me telefonar do seu telefone (o dela já não tem saldo).

Até logo e desculpe.

O PSD de Odivelas já fala em nome da CDU!

Voltei de férias depois da balbúrdia das campanhas pr’as eleições.

Agora, ando ao ritmo louco das tomadas de posse. É de um lado para o outro numa verdadeira correria para ver os famosos. Só na sexta-feira foram 4 sessões e quase todas na mesma hora - claro não tive tempo para dar uma espreitadela na Pontinha e em Famões. Deu para ir a Caneças e à Ramada.

Em Caneças a coisa teve feia e não se conseguiu dar posse ao Executivo. Tão não é que o PSD e o PS deixaram a CDU pendurada. É que os comunistas ganharam mas só tem 5 votos e os outros somam 8. Fizeram 2 votações e nada. Como eles dizem entraram no impasse.

Mas ontem é que foi a valer – como prometi, eu e a D. Anastácia fomos ver a posse dos eleitos para a Câmara e para a Assembleia do Município. Vestimos a rigor e vá que não estávamos nada mal – eu achei um vestido com lantijolas e a D. Anastácia levou um dos seus fatos de noite. É q’ ela pode e tem muitas fatiotas bonitas penduradas no armário. Até me quis emprestar um, mas eu não quis não fosse o diabo tecê-las e cair em cima de mim um Porto de honra.

Mas bonitos, mesmo bonitos estavam as autoridades e os bombeiros. O comandante da Pontinha parecia um general russo. As miúdas não tiravam os olhos de cima dele.

Depois até lá andavam dois engravatados de chapéu-de-chuva. Deviam ter medo que chovesse dentro da sala ou era para se protegerem da gripe, não fosse desatar tudo a espirrar.

Mas bom foi o discurso do Sr. Salmonete do PSD. Surpreendente!

Então não é que, para espanto de todos, o Sr Salmonete anunciou o acordo para governar a Câmara e que no mesmo saco meteu os Vereadores da CDU.

Até o Sr. Ilídio ficou de boca aberta.

Ficou ele e depois fiquei eu. E não acredito que o Sr. Ilídio estivesse a fingir.

Mas pelo sim pelo não a D. Anastácia abriu o saco e viu a bola de cristal mostrar-lhe que aquilo era uma piada intencional do Sr. Salmonete, para empurrar a CDU para dentro do saco.

Diziam as más-línguas no salão que os PSD não querem governar com os soutores Hernâni e Paulo Aido. A D. Anastácia sempre disse que eles só serviam para os cartazes e que alguns PSD tinham medo deles. Aliás a bola de cristal da D. Anásticia chegou a mostrar gatos a fugir com tachos às costas.

Ora no final da semana é que vão ser elas.

Tudo se decidirá e a soutora Susana Amador ainda não falou com o 2º candidato mais votado, o dr. Hernâni.

Será que fala? A D. Anastácia acha que a Presidente deve falar com eles. Ficava-lhe bem. Os odivelenses iam gostar. E afinal de contas eles são homens de trabalho!

Tia Goreti.


Nota: Peço desculpa por só ter publicado este texto hoje, mas ontem, por uma questão de tempo e embora já o tivesse recebido por mail não me foi possível.

Tia Goreti


Esta noite, após muita insistência minha, a Tia Gorete lá me enviou finalmente uma fotografia, aqui está:

4.11.09

O Discurso – Final.


“Resta-me manifestar publicamente o desejo que tenho, de que todos juntos consigamos com racionalidade, razoabilidade e no fundo com bom-senso proporcionar uma melhor qualidade de vida aos odivelenses e valorizar sobre todos os aspectos o nosso concelho que é Odivelas.

Assim Seja!

Nota: Publicado na integra.

O Discurso – Terceira Parte.


O Nosso Papel na Oposição.

Afirmei que todo o nosso trabalho na oposição será feito de forma construtiva. Contudo, não deixaremos de reprovar todas as propostas com as quais venhamos a não concordar e todas as que nos mereçam por qualquer razão a mais pequena dúvida, seja ela de que espécie for.

Queremos e não nos cansaremos de exigir que tudo seja feito de forma clara, transparente, com racionalidade e razoabilidade.

O Discurso – Segunda Parte.

O Nosso Compromisso.

“Quero deixar bem claro que nós representantes do C.D.S.-P.P. temos bem presente a razão porque aqui estamos e como aqui chegámos.

Não esquecemos, nem esqueceremos que fomos eleitos sob a alçada de uma coligação.

Coligação essa que tinha um projecto e um programa muito claro para Odivelas, e que foi nessa proposta de enorme valor que cerca de 23.000 pessoas nele votaram.

Não trairemos essas pessoas.

Por isso será com base nessa proposta que nos iremos reger no desempenho das funções que agora iniciamos.

Para nós, as pessoas estarão sempre, sempre, em primeiro lugar.


Sejamos claros, honestos e frontais.

A maioria, a grande maioria das cerca de 23.000 pessoas que votaram na Coligação “Em Odivelas Primeiros as Pessoas”, não o fez para nos ver em executivos com o P.S. da Dr.ª Susana Amador, menos ainda, com P.S. e P.C.P..

Quem votou em nós fê-lo pela valia do projecto que apresentámos e também por protesto contra o último mandato da Dr.ª Susana Amador, por isso o nosso papel neste mandato será claramente na oposição.”

Nota: Transcrição na integra desta parte do discurso.

O Discurso – Primeira Parte.


Como é óbvio comecei com as saudações da praxe e as felicitações aos vencedores. Desejei também o maior sucesso para todas as acções de gestão que venham a ter no exercício das suas funções e que estejam relacionadas com o verdadeiro beneficio das populações.

Em segundo lugar, adverti para a necessidade de haver o maior bom-senso para este mandato, pois as dificuldades económicas, financeiras e sociais que pairam na sociedade conferem-nos uma responsabilidade acrescida.

Em terceiro lugar salientei o regresso do C.D.S.-P.P. à Assembleia Municipal depois de uma ausência de 4 anos e fiz uma referencia ao trabalho efectuado pelo Rui Ribeiro que sozinho teve que lutar contra um executivo formado pela C.D.U., P.S. e P.S.D.

Depois fiz também um testemunho abonatório ao Dr. Hernâni Carvalho. Fi-lo devido ao programa que apresentou, à campanha que fez e pela dinâmica que conseguiu imprimir em torno de colocar o bem-estar das pessoas no centro da gestão política.

O Discurso.



Depois da tomada de posse e após um curto intervalo teve inicio a primeira Sessão da “Nova” Assembleia Municipal. Aí vieram os discursos de todas as bancadas.

Coube-me a mim ter a honra, por gentileza da Dr.ª Mariana Cascais, de fazer o primeiro discurso do C.D.S.-P.P. neste mandato que agora se inicia.

Não o vou colocar aqui na integra (muitos não terão paciência para o ler), vou fazê-lo de forma resumida em quatro posts.

Foi assim:


Primeiro uma gaffe (a primeira), depois a assinatura (duas), depois a frase:

Eu, Miguel Xara Brasil, abaixo-assinado, afirmo solenemente pela minha honra que cumprirei com lealdade as funções que me são confiadas.

Já está!


Foi ontem à noite a tomada de posse da Assembleia Municipal, o C.D.S.-P.P. ficou com 2 deputados municipais e eu sou um deles.

Baú da Música

3.11.09

Faltam 3 horas.



Estou a pensar que passados 4 anos o CDS voltará a estar representado na Assembeia Municipal de Odivelas e por essa via eu terei o previlégio de aí poder contribuir para a melhoria da qualidade de vida na minha Terra e para a valorizaçao cultural e económica de Concelho.

Assim seja!

Depois do Speedy Gonzales a realidade.

"
Portugal é o país que menos vai crescer em 2010.

A Comissão Europeia estima que o Produto Interno Bruto..."

Mais um Speedy Gonzales

Uma personagem da minha infância.

Um outro jogo - O do Gato e do Rato.



Tenho colocado aqui no blogue alguns posts sobre o tradicional jogo da corda, mas há outro jogo entre dois animais muito comuns no concelho que talvez ainda seja mais antigo e mais emotivo, pois em causa está sobrevivência, falo do jogo do Gato e do Rato.


Porque será que me lembrei dele esta noite?

Nunca em Odivelas se falou tanto de gatos.




"O conto tradicional de Charles Perrault está em exibição na Malaposta numa divertida adaptação e encenação de Fernando Gomes. As representações são de Terça a Sexta-feira, às 10h30 e 15h00, para escolas e por marcação. Para o público em geral as sessões serão aos Sábados às 16h00 e aos Domingos às 11h00. Para ver na sala experimental. M/3."

"Teatro Infantil: "O Gato das Botas" . Para escolas por marcação. Repete às 15h00."

In: Diário de Odivelas.


2.11.09

Tomadas de Posse - Hoje no Concelho de Odivelas.


2 de Novembro


21h00 – Sociedade Musical e Desportiva de Caneças Assembleia de Freguesia de Caneças.

21h00 – Salão da Junta de Freguesia Assembleia de Freguesia da Ramada.

21h30 – Salão Polivalente Assembleia de Freguesia de Famões.

21h30 – Salão da Junta de Freguesia Assembleia de Freguesia da Pontinha.